Publicado por: Espaco Espiritual | domingo, 5 janeiro 2014

NOSSO LAR: CAPÍTULO A CAPÍTULO

_Nosso_Lar

 

NOSSO LAR: CAPÍTULO A CAPÍTULO

 

“A maior surpresa da morte carnal é a de nos colocar face a face

com a própria consciência, onde edificamos o céu, estacionamos

no purgatório ou nos precipitamos no abismo infernal.”

Emmanuel

 

O livro Nosso Lar* é formado por cinqüenta capítulos. Cada um deles traz esclarecimento sobre o outro lado da vida. A seguir, um pequeno resumo dos assuntos abordados em cada capítulo:

 

Capítulo 1 – Nas Zonas Inferiores

          André Luiz descreve sua passagem pelo Umbral, mostrando o cenário sombrio e pavoroso que encontrou por lá.

 

Capítulo 2 – Clarêncio

          O antigo médico, enquanto encarnado, narra o desespero causado pelos gritos de suicidas que ouvia de toda a parte, e o momento em que reza pedindo ajuda ao Criador da Vida, e então é socorrido e levado a Nosso Lar, pelo Ministro Clarêncio e mais dois auxiliares.

 

Capítulo 3 – A Oração Coletiva

          O Espírito descreve o ambiente que encontrou em Nosso Lar, traz informações sobre a colônia espiritual e narra a presença do Governador e dos Ministros juntamente com todos os habitantes de Nosso Lar na primeira oração coletiva a que teve acesso na colônia, oração que ocorre diariamente no crepúsculo.

 

Capítulo 4 – O Médico Espiritual

          André Luiz é atendido por um médico espiritual que descreve o estado debilitado do seu espírito e explica-lhe por que chegou ao plano espiritual em estado de suicida inconsciente.

 

Capítulo 5 – Recebendo Assistência

          O companheiro Lísias esclarece que, onde André estava internado, havia mais de mil Espíritos naquele momento em condições muito delicadas e necessitando de auxílio. André recebe esclarecimentos sobre os males que tinha causado ao corpo por conta de sua má conduta e recebe uma injeção de ânimo para buscar sair daquela situação.

 

Capítulo 6 – Precioso Aviso

          O Espírito recém-chegado se lamenta com o Ministro Clarêncio pela sua situação e se recorda da esposa e dos filhos, perguntando por notícias. Clarêncio ouve pacientemente suas lamentações.

 

Capítulo 7 – Explicações de Lísias

          André Luiz traz novos detalhes sobre Nosso Lar, comparando a paisagem que vê com uma cópia melhorada da Terra. Lísias esclarece sobre a mãe de André Luiz e sobre o quanto ela o tem ajudado, dia e noite.

 

Capítulo 8 – Organização de Serviços

          Novos esclarecimentos sobre Nosso Lar são trazidos, mostrando sua divisão em ministérios e apresentando a história da criação de Nosso Lar por espíritos portugueses, desencarnados no Brasil, no século XVI.

 

Capítulo 9 – Problema de Alimentação

          André fica sabendo sobre como é a alimentação em Nosso Lar e também recebe relato do episódio em que alterações nos hábitos alimentares foram introduzidas pelo Governador e dos protestos que estas geraram até serem aceitas.

 

Capítulo 10 – No Bosque das Águas

          Um impressionante relato sobre o aeróbus, o veículo aéreo usado pelos espíritos para se locomoverem em Nosso Lar, e sobre a visitação que André faz ao reservatório de água da colônia espiritual. Com isso, ele tem oportunidade de esclarecer-se sobre a importância da água em diferentes planos.

 

Capítulo 11 – Notícias do Plano

          André Luiz narra a existência de outras colônias espirituais semelhantes a Nosso Lar, como a de Alvorada Nova, que é as vizinha.

 

Capítulo 12 – O Umbral

          Um detalhado esclarecimento sobre o Umbral, região sombria situada próxima à crosta terrestre e habitada por espíritos pouco evoluídos e muito apegados ainda à matéria.

 

Capítulo 13 – No Gabinete do Ministro

          André vai a um encontro com o Ministro Clarêncio, visando a pedir-lhe a oportunidade de iniciar um trabalho em Nosso Lar. Lá, tem a oportunidade de presenciar uma audiência de uma voluntária que deseja proteger seus filhos encarnados. Também recebe esclarecimentos sobre o bônus-hora.

 

Capítulo 14 – Elucidações de Clarêncio

          O Ministro Clarêncio permite que André Luiz comece um trabalho em Nosso Lar como aprendiz, deixando de lado seu passado de médico na Terra.

 

Capítulo 15 – A Visita Materna

          Narra a emocionante visita da mãe de André, Espírito mais elevado que vive em esferas superiores.

Capítulo 16 – Confidências

          Na conversa, sua mãe traz notícias de Laerte, pai de André, e que vagava pelo Umbral, sendo obsidiado por duas mulheres vingativas, que, em vida, tinham sido suas amantes. Além disso, ele recebe notícias sobre suas três irmãs já desencarnadas.

 

Capítulo 17 – Em Casa de Lísias

          André é hospedado em casa de Lísias. Lá, conhece Dona Laura, mãe do anfitrião, e as duas irmãs dele, tendo oportunidade de conhecer e relatar como é um lar típico da colônia.

 

Capítulo 18 – Amor, Alimento das Almas

          Alertas sobre a questão do sexo e novas descrições do funcionamento da alimentação em Nosso Lar.

 

Capítulo 19 – A Jovem Desencarnada

          André conhece a neta de Dona Laura, que era recém-desencarnada e vivia na casa padecendo grande sofrimento pela lembrança de seu noivo, que ainda está encarnado e já se relacionando com uma amiga.

 

Capítulo 20 – Noções de Lar

          Em conversação entre Dona Laura, Lísias e André, são descritos detalhes sobre o lar e a função de homens e mulheres na sua constituição.

 

Capítulo 21 – Continuando a Palestra

          A conversação se estende abordando assuntos como bônus-hora e a recordação do passado, que, segundo Dona Laura, exige bastante equilíbrio.

 

Capítulo 22 – O Bônus-Hora

          É feito um detalhamento do funcionamento do bônus-hora e de como ele é distribuído aos trabalhadores da colônia.

 

Capítulo 23 – Saber Ouvir

          André Luiz recebe esclarecimento sobre o quanto é inconveniente, para a maioria dos desencarnados, receber notícias sobre os encarnados com quem conviviam na Terra.

 

Capítulo 24 – O Impressionante Apelo

          André tem a oportunidade de ouvir, pela emissora da colônia, que eclodia na Terra a Segunda Guerra Mundial, em episódio passado em 1939. Também ouve pedidos para que voluntários se apresentem para proteger a colônia de tentativas de invasões durante o período.

 

Capítulo 25 – Generoso Alvitre

          O Espírito recebe profundas orientações sobre as futuras atividades que poderá empreender em Nosso Lar.

 

Capítulo 26 – Novas Perspectivas

          André visita as câmaras de retificação, locais onde estão internados espíritos necessitados e ainda em grave situação. O Espírito solicita ao Ministro Genésio a oportunidade de trabalhar lá.

 

Capítulo 27 – O Trabalho, Enfim

          O ex-médico orgulhoso na Terra inicia seu trabalho nas câmaras de retificação como auxiliar de limpeza de vômitos de fluídos venenosos expelidos por espíritos. Nas câmaras, presencia impressionante quadro de sofrimento.

 

Capítulo 28 – Em Serviço

          André Luiz se coloca à disposição para permanecer durante a noite nas câmaras de retificação auxiliando no atendimento dos que lá chegam. Também conhece Narcisa, com a qual vai trabalhar no atendimento nas câmaras.

 

Capítulo 29 – A Visão de Francisco

           Um relato impressionante sobre a história de Francisco, que era profundamente apegado a seu corpo, tanto que, após ser sepultado, continuou ligado a ele e acabou presenciando a sua decomposição, o que gerou enorme transtorno em sua mente e fê-lo continuar com a visão do corpo e dos germes a persegui-lo, mesmo tempos depois.

 

Capítulo 30 – Herança e Eutanásia

          André toma contato com o caso do pai de Paulina, que foi submetido à eutanásia, pois a família queria ficar com sua herança, e que agora não consegue se livrar do sentimento de vingança.

 

Capítulo 31 – Vampiro

          O Espírito narra a história de uma mulher que tentava ingressar em Nosso Lar e que foi impedida pelo vigilante-chefe, pois estava fortemente vampirizada, trazendo impressos em seu períspirito 58 pontos negros, correspondentes ao número de abortos que tinha praticado enquanto trabalhava como ginecologista.

 

Capítulo 32 – Notícias de Veneranda

          André Luiz fica sabendo do trabalho realizado pela Ministra Veneranda, que possui 1 milhão de bônus-hora e é a maior trabalhadora de Nosso Lar, e conhece os salões verdes, idealizados por ela.

 

Capítulo 33 – Curiosas Observações

          O interessante relato de dois espíritos ainda encarnados e que, por já serem superiores, têm a oportunidade de visitar Nosso Lar, enquanto dormem.

 

Capítulo 34 – Com os Recém-Chegados do Umbral

          O Espírito atende uma senhora trazida pelos samaritanos, que se desfaz em lamentações, mostrando que ainda estava ligada a seu passado na época da escravatura.

 

Capítulo 35 – Encontro Singular

          André encontra-se com um conhecido da época em que estava encarnado e tem a oportunidade de pedir perdão, pois seu pai havia prejudicado muito esse homem no passado.

 

Capítulo 36 – O Sonho

          Emocionante relato sobre a necessidade que os espíritos têm de dormir para repor as energias e sobre o encontro que André Luiz teve com sua mãe quanto ele dormia, tendo a oportunidade de visitá-la em esferas mais elevadas.

 

Capítulo 37 – A Preleção da Ministra

          André Luiz assiste a uma palestra proferida pela ministra Veneranda, que fala sobre a importância do pensamento e sobre o papel de Nosso Lar como colônia de transição.     

 

Capítulo 38 – O Caso Tobias

          André tem a oportunidade de conhecer o caso de Tobias e suas duas ex-esposas Hilda e Luciana, que se tornaram amigas e convivem em harmonia em Nosso Lar.

 

Capítulo 39 – Ouvindo a Senhora Laura

          Buscando entender melhor a questão do casamento na espiritualidade e nutrindo muitos questionamentos acerca da sua família terrestre, André procura Dona Laura e dela obtém as respostas para suas dúvidas.

 

Capítulo 40 – Quem Semeia Colherá

          André vai ao departamento feminino das câmaras de retificação. Lá, tem contato com Elisa, que fora empregada em sua casa terrena e da qual ele se aproveitara, antes que ela fosse despedida de sua casa. Com o encontro, ele tem a oportunidade de se arrepender e de buscar ajudá-la a superar os traumas do passado.

 

Capítulo 41 – Convocados à Luta

          O Espírito narra a chegada da notícia de que o planeta está iniciando a Segunda Guerra Mundial, a repercussão dessa notícia lá e como esta influenciou negativamente Nosso Lar.

 

Capítulo 42 – A Palavra do Governador

          André Luiz vê pela primeira vez o Governador de Nosso Lar, que esclarece aos trabalhadores os problemas advindos da Guerra e convoca 30 mil servidores voluntários para criar defesas especiais.

 

Capítulo 43 – Em Conversação

          Relatos sobre os horrores da guerra são apresentados neste capítulo, bem como a esperança que o Espiritismo traz como o Consolador prometido.

 

Capítulo 44 – As Trevas

          André Luz questiona Lísias sobre as Trevas, região mais inferior conhecida em Nosso Lar, e este esclarece o amigo sobre o que levaria alguém a ficar preso nessa região.

 

Capítulo 45 – No Campo da Música

          O Espírito relata o momento em que teve a oportunidade de conhecer o Campo da Música, local em que encontra espíritos ali comentando com alegria os ensinamentos de Jesus.

 

Capítulo 46 – Sacrifício de Mulher

          André tem novo encontro com sua mãe, que o informa de que reencarnará novamente na Terra em missão para auxiliar o marido Laerte, que também reencarnaria. Na Terra, ela será mãe das duas ex-amantes do seu marido, que o obsidiavam no Umbral.

 

Capítulo 47 – A Volta de Laura

          André fica sabendo que também Dona Laura, mãe de Lísias, reencarnará em dois dias e reencontrará seu ex-marido Ricardo, que já se encontrava encarnado, para viverem juntos na Terra como marido e mulher novamente.

 

Capítulo 48 – Culto Familiar

          Narração da reunião de despedida antes do reencarne de Dona Laura. Nela, Ricardo aparece desligado, durante o sono, do seu corpo físico de criança, para trazer palavras de apoio. Ele se comunica por meio de um globo de cristal, a fim de ser preservado das irradiações de emotividade dos que ali se encontravam e que poderiam prejudicá-lo, já que ele se encontrava ainda frágil, em tenra idade.

 

Capítulo 49 – Regressando à Casa

          André descreve a sua ida ao lar terreno, um ano após ser socorrido em Nosso Lar, e a dura prova que teve de passar ao encontrar sua ex-mulher, Zélia, já casada com outro homem, que estava fortemente enfermo e em cuja cura André Luiz teve de auxiliar.

 

Capítulo 50 – Cidadão “Nosso Lar”

          No desfecho deste primeiro livro da série, André mostra o quanto evoluiu no período de um ano em que esteve na colônia espiritual Nosso Lar, se livrando de todo o apego e sentimento de posse que tinha da família terrena e se predispondo a ajudar no auxílio do novo marido de Dona Zélia.

          Para auxiliá-lo, ele pede ajuda de sua companheira de trabalho Narcisa, que vai até o encontro de André e ministra o auxílio ao enfermo. Tendo vencido essa dura batalha contra o apego, André deixa a família terrena e retorna a Nosso Lar. Ao chegar à colônia espiritual, ele é recebido pelos amigos, sendo finalmente declarado cidadão de Nosso Lar.

 

Livro:  Desvendando o Nosso Lar

            Luis Eduardo de Souza

            Universo dos Livros Editora

 

Nota de Fernando Peron (junho de 2013):

(*) – Nosso Lar. Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito André Luiz. FEB – Federação Espírita Brasileira. É a primeira de uma série de obras revolucionárias, como se segue (ano de lançamento entre parêntesis): 1. Nosso Lar (1944), 2. Os Mensageiros (1944), 3. Missionários da Luz(1945), 4. Obreiros da Vida Eterna (1946), 5. No Mundo Maior (1947), 6. Agenda Cristã (1948), 7. Libertação (1949), 8. Entre o Céu e a Terra(1954), 9. Nos Domínios da Mediunidade (1955), 10. Ação e Reação(1957), 11. Evolução em Dois Mundos (1959), 12. Mecanismos da Mediunidade (1960), 13. Conduta Espírita (1960), 14. Sexo e Destino(1963), 15. Desobsessão (1964), 16. E a Vida Continua… (1968). As obras de número 11, 12, 14 e 15 são em parceria com o médium Waldo Vieira. A obra de número 13 foi psicografada unicamente por Waldo Vieira (Chico Xavier psicografou apenas o prefácio, pelo Espírito Emmanuel). Todas foram publicadas pela FEB – Federação Espírita Brasileira. 

Para mudar o mundo é preciso mudar a si mesmo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: